segunda-feira, setembro 06, 2010

Quinta da Neve - Pinot Noir - Brasil

Já postamos este vinho recentemente, e gostamos bastante. Todo grupo de degustação da ABS Brasília ficou surpreso com o vinho, que agradou muito. Todos acertaram que era uma Pinot Noir do novo mundo, mas ficaram surpresos que era brasileiro. A média de pontuação ficou em torno de 87 pontos.

Pode ser adquirido por R$ 60 na Portofino em Brasília. Se fosse uns R$ 45 ou 50 seria uma ótima compra, por R$ 60 é um pouco salgadinho o preço, por ser um vinho brasileiro que não tem impostos para importação. As vinícolas/comerciantes brasileiros estão gananciosos demais.

2 comentários:

Eduardo disse...

Degustei esse vinho as cegas junto com mais 7 Pinots do mundo alguns do mesmo preco e outros um pouco mais caros
Ele ficou em último, uma unanimidade entre os 6 degustadores.

aromas vegetais, desequilibrado e sem mta intensidade

Edgard Piccino disse...

Envie para nós a lista dos Pinots degustados, ficamos curiosos.

Uma das mais interessantes características do mundo do vinho é a variação do gosto. A avaliação de um vinho é muito subjetiva.

No grupo de degustação, formado por egressos do curso avançado da ABS Brasília e pelo professor, nenhum dos participantes considerou este vinho desequilibrado e também não foi identificado por ninguém o aroma vegetal neste vinho.

A degustação de vinhos é muito sujeita a fatores subjetivos e emocionais, mesmo quando às cegas.

Quando um do grupo acha que o vinho é muito desequilibrado, os outros tendem a ser mais críticos com o exemplar.

E quando alguém adora o vinho logo de cara, afirma com veemência que é um grande vinho e começa a identificar diversos aromas, outros do grupo tendem a achar mais qualidades naquele vinho.

Mas essa é a graça do mundo do vinho. O resultado é que temos gostos (e mercado) para todos os vinhos.