quinta-feira, fevereiro 09, 2012

Misterio - Malbec - Argentina


2010. Mendoza.
Tinto.

Desvendamos o mistério: o vinho é ordinário. Já tomamos alguns vinhos da Finca Flichman e nunca tivemos uma boa impressão da vinícola. E seguimos fiéis a nossa tese: se o vinho básico da vinícola é medíocre, não compramos os mais elaborados. Sempre que quebramos esta regra quebramos também a nossa cara.

Com coloração violácea, tem aroma alcoólico, lembrando frutas roxas, groselha, e com um toque mentolado, tem um odor de fermentação um pouco incômodo e um final levemente picante.

Mas é na boca que o vinho se revela: enjoativo. Pouco corpo, pouco tanino, acidez mediana e um final um tanto amargo, com um residual de açúcar. Tem persistência mediana, mas não apresenta muito equilíbrio, e ao final acaba sendo maçante.

Um comentário:

Selo Reserva disse...

Olá,
Gostei bastante do seu blog!
Meu nome é Alexandre, sou redator e fotógrafo do Selo Reserva, novo site voltado para o mercado de enogastronomia. Estamos nos preparando para lançar a versão Beta e acredito que você gostará do conceito. Neste primeiro momento disponibilizamos uma página virtual de apresentação: http://www.seloreserva.com.br/

Se puder, não deixe de acompanhar nossas atualizações na rede social - facebook.com/seloreserva

Vamos manter contatos,
Att.
Alexandre Sobral R. Horta
alexandre.horta@seloreserva.com.br