segunda-feira, março 05, 2007

Renaissance - Mediterranean Red - 1999 - EUA

Califórnia.
Tinto, 70% Grenache, 30% Syrah.

É o primeiro vinho norte americano que tomamos na vida, e vamos ter que dar um desconto para o Tio Sam, pois este é um vinho bem pra lá de razoável. Está no ápice, já descendo a curva para a decadência, compramos com 50% de desconto na Brilho, e valeu a pena. Talvez se tivessemos comprado com o preço cheio não gostaríamos tanto.

Está com cor de velho, bordas longas, meio terra. No aroma um pouco de madeira, tostado e algum frescor, algum perfume que acompanha o tostado, talvez laranja, mas não soubemos identificar direito. Bem, vale a intriga, vale a complexidade.

Na boca é seco, levemente ácido, com pouco corpo e boa persistência. Apresenta equilírio entre as características, com taninos suaves e puxando um pouco para o ácido, mas sem ser desagradável, muito pelo contrário. É um vinho bem interessante e nesta promoção vale a pena conferir.

Este vinho nos lembrou Pinot Noir, por incrível que pareça, no aroma, no corpo, na elegância, na persistência.

Um comentário: