domingo, julho 24, 2011

Benjamin Nieto Senetiner - Tempranillo - Argentina


2010. Mendoza.
Tinto.

Achamos a receita para melhorar qualquer vinho: é só tomar uma semana inteira vinho de garrafão, que qualquer mera garrafa de vinho de vitis vinífera se torna um néctar dos deuses.

Este foi bastante melhorado pela experiência. Nunca gostamos muito deste tal Benjamin, e ele continua meia boca em nossa opinião, mas foi gostoso tomá-lo.

Cor rubi escura, com reflexos violáceos, aroma frutado, com um toque adocicado de coco e chocolate. Suspeitamos deste aroma, pois este vinho não teve tempo de amadurecer em barricas de carvalho. Como surgiu o aroma de coco e chocolate? Será que jogaram alguns Prestígios dentro?

Na boca é tem corpo de leve a mediano, acidez correta, taninos presentes, amargor destacado e álcool bem perceptível.  É um vinho defeituoso na boca, pelo amargor e pelo álcool, mas não chega a ser desagradável em demasia.

Bem,

3 comentários:

Okamix disse...

Estou visitando o site pela primeira vez e gostei bastante !

Já adicionei o site nos favoritos para estar acompanhando as novidades !

Parabéns e Sucesso !
http://www.okamix.com.br

Edgard Piccino disse...

Muito obrigado pela visita e pelo elogio. Volte sempre, e se tomares algum vinho que postamos, comente.

Abraços.

Unknown disse...

Bom dia...o álcool é tão perceptível que não consegui terminar a segunda taça...safra 2014...achei péssimo.

Abraço