sexta-feira, abril 30, 2010

Casa Grande - Cabernet - Bolívia

2008
Tinto, Cabernet Sauvignon

Compramos do produtor na Expovinis, apesar da "proibição de venda" dos organizadores, o que demonstra que os produtores querem vender e que os consumidores querem comprar. Compramos um e ganhamos outro, então não sabemos se este é o comprado ou o ganhado.

É um cabernet jovem, púrpura, com reflexos violáceos e bem brilhante. No aroma é franco, complexo, com frutas vermelhas, madeira, vegetais tabaco e especiarias, com um pouco de presença do álcool. Na boca é bem equilibrado, com taninos firmes, que indica um consumo precoce, pedindo um pouco mais de envelhecimento.

Não era o "top de linha" da vinícola, que não conseguimos comprar pois já tinha acabado. Realmente o vinho "top" era muito bom, com muita estrutura e personalidade. Foi uma pena que não conseguimos trazer uma garrafa e que não encontramos no Brasil. Se alguém for para a Bolívia traga um para nós.

Atenção importadores, mais uma dica. Os Bolivianos merecem mais olhares e menos preconceitos.

2 comentários:

flademir , campinas disse...

Buenas ao casal!Gostei muito de conhece-los nesse estilo de blog, show!Tempos atrás um amigo médico ganhou de um boliviano um vinho pátrio.A principio não sabíamos se era para cheirar ou tomar, mas saiba que deixou saudades, o vinho era bom e bem elaborado, não lembro o nome e penso que era vinificado e elaborado em Sta Cruz de La Sierra.Realmente devemos dar uma olhadela para oeste e acima do Chile!Abraço, Flademir

Edgard Piccino disse...

Delicioso ler seu comentário!

Vira e mexe vamos até Campinas, podemos marcar um vinho com bobagem... Podemos tentar achar um boliviano para provarmos.

Abraços,