segunda-feira, janeiro 29, 2007

Louis Jadot - Borgonha - França

2004.
Tinto, Pinot Noir.

Rubi escuro, tijolo, bonito, delicado, com aroma complexo e amadeirado, com fruta discreta, mas bem presente.

Com excelente persistência, sutil, com taninos agradáveis e marcantes, sugerindo envelhecimento. Um vinho complexo e descontraido, para momentos marcantes e especiais. Possui taninos redondos e bem podados, bem desenhados. É um vinho aconselhável para a sua faixa de valor. Pagamos uns R$ 90 reais.

Este vinho fechou com chave de ouro a degustação dos Pinots, pois foi o melhor da tarde e demonstrou muito bem a evolução dos vinhos. Eu sou suspeito para falar, pois os Borgonhas são meus preferidos, apesar de eu reconhecer que os vinhos no estilo Bordeaux são incríveis.

Em relação aos Pinots do novo mundo este é mais complexo, mais rico, mais elegante, enquanto os chilenos mais abertos, com mais fruta e mais intensos. São menos delicados e mais fáceis de serem explorados.

Deixou ótimas recordações para todos que puderam apreciar este vinho.

Um comentário:

Vinho para Todos disse...

Anny, é uma pena não terem encontrado o vinho aí. Bom, é o seguinte: o vinho do mês de fevereiro será escolhido pelo Leonardo (Viva o Vinho), o de março por vocês (Vivinhos) e abril pelo Eduardo (Pisando em Uvas), em rodízio. Às vezes isso ocorrerá mesmo, de não encontrarmos o vinho indicado no mercado local, servindo inclusive como indicação para os comerciantes. No dia 1º serão postados os comentários, logo em seguida já procuraremos o vinho de março. A confraria não pode parar.
Abraço!